ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

De Xambrê para o mundo de lutas

Posted by Armando em 17/06/2009

Joaquim (de azul), tomou posse no Sindicato em 1985

Joaquim (terceiro à direita), tomou posse no Sindicato em 1985

Paranaense de Xambrê (PR), Joaquim Borges Pinto, nasceu no dia 14 de novembro de 1955. Filho de seo Otacílio Borges Pinto e dona Ana Medina Borges, pequenos comerciantes na época em Bragantina (PR), o jovem Joaquim deixou os pais e quatro irmãos e mudou-se para Londrina para estudar.

Aplicado, passou nos concursos para a Polícia Federal, Lojas Americanas ( função de gerente)   e BANESPA (Banco do Estado de São Paulo). Como já estava namorando sua primeira esposa, Luci, preferiu trabalhar no banco para não ter que sair da cidade. No BANESPA  atuou como caixa, dividindo seu dia entre as atividades bancárias e o curso de psicologia no então Cesulon (Centro de Estudos Superiores de Londrina), que mais tarde seria denominado Unifil (Universidade Filadélfia). Junto com os afazeres acadêmicos, participou de campanhas de arrecadação de agasalhos.

Despertou seu espírito de liderança ao ingressar no diretório de estudantes da Faculdade, mobilizando seus colegas contra aumentos sucessivos nas mensalidades e outros problemas enfrentados na época. Segundo conta Valdíria, sua segunda esposa, Joaquim gostava de estudar no Cemitério São Pedro, pois era uma lugar quieto. “Sempre que passávamos por lá ele falava isso”, lembra Valdíria.

Em 1983, conheceu no BANESPA o então colega de trabalho e também caixa, José Adalberto Maschio (Ganchão). Do fruto dessa amizade surgiu o movimento de oposição à diretoria do Sindicato dos Bancários de Londrina, empossada pela Ditadura Militar. Como retalização, Joaquim e Ganchão enfrentaram muitas dificuldades para se associarem ao Sindicato, o que foi conseguido com muita pressão.

O GEB (Grupo de Estudos Bancários) começou a organizar a categoria na região e mais tarde contou com a participação de outras pessoas, como Vasni Rabelo, Osvaldo Paes de Brito (Mano) Antonio Paula dos Santos (Toninho), Odete Thomaz de Aquino, João Antonio da Silva Neto (Joãozinho), Geraldo Fausto dos Santos (Ceará), Sebastião Felismino e outros bancários descontentes com a gestão do Sindicato.

Como recorda José Adalberto, hoje jornalista e correspondente da Folha de S.Paulo na região, o espírito conciliador de Joaquim levou para o GEB pessoas que não tinham o mesmo pensamento que os demais integrantes do Grupo. Apesar disso, foram cerca de dois anos de discussões e trabalho de base, que culminou, no início de 1985, com a vitória da chapa VIDA BANCÁRIA nas eleições que definiram a nova diretoria do Sindicato dos Bancários de Londrina, com 85% dos votos coletados.

Começava aí a era do “Novo Sindicalismo”, seguindo a tendência de abertura e democracia que tomava conta do Brasil em meados dos anos 80. Sob o comando de Joaquim, em outubro o Sindicato dos Bancários de Londrina filiou-se à CUT (Central Única dos Trabalhadores) e tornou-se referência de luta para os trabalhadores.

2 Respostas para “De Xambrê para o mundo de lutas”

  1. Lilian said

    Sou de Bragantina Paraná…gostaria de saber mais dessa história.

    ADJ: Liliana, as histórias que contei sobre o Joaquim Borges Pinto soube através da vivência que tive com ele e de fatos que amigos me relataram. Outras podem surgir caso cheguem ao meu conhecimento. Sei que ainda há muito a contar sobre o valoroso e lendário Joaquim.

  2. CELSO NEVES said

    OLÁ, BOA NOITE. ESTUDEI COM JOAQUIM E SOU AMIGO DA FAMÍLIA. EM BRAGANTINA APRONTAMOS NA ADOLECÊNCIA JUNTOS COM MAIS AMIGOS. REVOLUCINAMOS BRAGANTINA. BRAGANTINA, QUE SAUDADE DESTE AMIGO,LEMBRANÇA BOA
    CELSO NEVES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: