ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Teatro Municipal: OAB está contra a construção na Zona Leste

Posted by Armando em 24/07/2009

A localização do terreno é privilegiada

A localização do terreno é privilegiada

Londrina está parecendo “mercado de peixe”, como sempre falava o saudoso professor do Curso de Comunicação Social da UEL, Eduardo Judas Barros, quando todo mundo falava ao mesmo tempo dentro da sala de aula. É isso que está ocorrendo na discussão do preço da tarifa de ônibus, da construção do Teatro Municipal e em outras questões de vulto que envolvem a recém iniciada gestão de Barbosa Neto (PDT).

A subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Londrina, através de seu presidente, o conceituado advogado trabalhista Wilson Sokolowski, publicou texto na edição de hoje (24/07) do jornal Folha de Londrina, defendendo a construção do Teatro Municipal no Centro da cidade. Segundo seu artigo, essa ideia é endossada pelo Sincoval (Sindicato do Comércio Varejista de Londrina), Shopping Catuaí, Shopping Com-tour, Royal Plaza Shopping e outros segmentos.

O argumento utilizado para propôr a mudança do local no qual será edificada a obra tão sonhada pelo meio cultural londrinense até convence. O Centro, realmente precisa ser revitalizado, assim como a Região Leste, local originalmente previsto para construção do nosso Teatro. Ocorre que esse grupo, formado em sua maioria por grandes empresários, nunca se mexeu para defender o Centro da cidade. A área por onde passava a linha férrea ficou desocupada vários anos, até que o falecido ex-prefeito Wilson Moreira resolveu contruir ali a Avenida Leste-oeste. Depois, o prefeito cassado decidiu ali construir “elefantes brancos” (Super-creche, PAI e Centro de Saúde 24 horas).

Emboram sejam necessários, estes órgãos públicos fizeram com que a cidade continuasse dividida, como era na época da linha férrea, entre o lado de cima (dos trihos) e o de baixo. À noite, poucas pessoas têm coragem de atravessar aquele trecho e correr o risco de serem assaltadas. A construção da Praça Tomi Nakagawara, onde poderia ter sido construído o Teatro Municipal, melhorou o ambiente, mas não resolveu a falta de segurança naquela área.

Pois, então. Passaram-se os anos, os valiosos terrenos públicos do Centro de Londrina foram tomados por obras de cunho político eleitoreiro e ninguém se posicionou de forma contrária. Agora, por uma questão de interesse nitidamente comercial, surgem mais vozes contrárias à construção do nosso Teatro em um empreendimento de grande porte na Zona Leste da cidade.

O fato do Teatro Municipal ser uma âncora do shopping a ser instalado no Marco Zero nada mais é do que uma parceria entre o Poder Público e a iniciativa privada: o primeiro ganhará o terreno e o segundo vai gerar empregos, lucros, impostos e desenvolvimento para toda a região, inclusive para o Centro da cidade.

Quanto à proposta do advogado Wilson Sokolowski, compartilhada com seus pares, de construir o Teatro em terrenos particulares, como o Hotel Berlim e a Companhia Internacional, cabe saber se estes locais são viáveis do ponto de vista da localização, levando em conta o fluxo de automóveis e pessoas, a população vizinha, a proximidade com o Terminal Urbano e diversos outros aspectos que deveriam ser observados.

No Marco Zero, estes problemas praticamente não existem. O terreno é amplo e situado entre como as Avenidas 10 de Dezembro, Ceso Garcia Cid e Theodoro Victorelli, vias que possibilitam grande movimentação de automóveis, sem que sejam necessárias muitas obras complementares para facilitar seu acesso. Por tudo isso, não resta dúvida, o Teatro Municipal é da Zona Leste!

P.S.: não tenho propriedades naquela região e nem mesmo conheço qualquer um dos empresários responsáveis pelo empreendimento Marco Zero. Sou apenas londrinense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: