ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Palmeirense roxo, comerciante de Londrina tem enorme coleção de “porquinhos”

Posted by Armando em 20/09/2009

Julinho

Restaurante Porco no Tacho;: comida boa e porquinhos por todo lado

O proprietário do Restaurante “Porco no Tacho”, em Londrina (PR), Reinhold Julio Strass, mais conhecido como Julinho, levou tão a sério a paixão pelo Palmeiras, futebol profissional do clube de São Paulo, que não só adotou o animal como símbolo de seu estabelecimento, passou também um colecionar materiais como há 12 anos que trazem como tema suínos. Perguntado pela reportagem da ADJ a respeito de quantas peças Possui em sua coleção, que é espalhada por todos os lados do Restaurante, Julinho disse que nunca fez essa conta, mas acredita que DEVE ter uns 200 diferentes.

São muitos: em tem porcelada Bibelôs de todo tipo e tamanho, de madeira pelúcia pano, gesso e até quadros, sempre Estampando porquinhos alegres nas mais diversas situações. O Colecionador afirma que A maioria das peças foi comprada por ele mesmo e algumas foram dadas por amigos e clientes. O preferido Vistoso é um “Porcão Branco”, com cerca de 40 centímetros, símbolos do Palmeiras que tem pelo corpo.

Julinho lembra que no passado sua família criava porcos, quando uma região ainda era zona rural, e era comum matar os animais para comer. Hoje, a linguiça servida por seu Estabelecimento é feita por ele e familiares. Indagado se esse conflito, usar carne de porco nas linguiças e assar o bichinho para vender, ao mesmo tempo em que é um admirador do animal, escapa Julinho, dizendo: “eu tenho que me virar”.

Por conta desse Passatempo o comerciante resolveu abrir uma loja de conveniência. O “Cantinho do Porco bonecas” vende, Bibelôs, artesanato, panos de prato personalizados do estabelecimento, plaquetas, bolsas e diversos outros materiais. “Um dia, clientes quiseram comprar minha coleção de porquinhos, daí pensei: por que não vender esse tipo de material”, conta Julinho, acrescentado que após pesquisar a origem dos artigos em porcelana, começou uma comprar os produtos do Deixaram interior de São Paulo para vende-los aos clientes, com isso, não precisa se desfazer de sua coleção.

De fato, os inúmeros “porquinhos” espalhados pelo salão são uma atração à parte do Restaurante “Porco no Tacho”. A comida caseira é de ótima qualidade e além do Prato carro-chefe da casa, também tem costela, assada pelo próprio Julinho, polenta com frango caipira, carneiro, quiabo, nhoque, macarronada, saladas variadas e outros pratos de dar água na boca. Aos domingos tem passeio de carroça para as crianças.

Serviço: Restaurante Porco no Tacho, Rua Domingos Cantagalli, 20 – Heimtal, Londrina – PR. Telefone: (43) 3326-4473. Disponível para Confraternizações, aniversários e casamentos, com espaço para 350 pessoas. Mais Informações podem ser obtidas no site: porconotacho.com.br.

 

Anúncios

No Responses Yet to “Palmeirense roxo, comerciante de Londrina tem enorme coleção de “porquinhos””

  1. Erica said

    Oi, meu nome é Erica. Tenho coleção de porquinhos,,, vários!!! Pelúcia, resina, bonecos, vidro, cristal … Tenho de tudo. Estou mudando e quero vender alguns. Você tem interesse? Ou sabe de alguém? Entre em contato , até mesmo para fazermos amizade. Valeu, abraço. Erica.

    ADJ – Obrigado, Erica. Embora também seja palmeirense e apreciador de comida à base de porco, não tenho coleções do bichinho. Liga para o Julinho, do Porco no Tacho (43) 3326-4473 e veja se ele tem interesse. Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: