ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Archive for 26 de setembro de 2009

Londrina precisa, mesmo, da Guarda Municipal?

Posted by Armando em 26/09/2009

Guarda-municipalA Câmara Municipal de Londrina aprovou, em segundo turno, na sessão da última quinta-feira (24/09), o projeto que institui a Secretaria Municipal de Defesa Social e a Guarda Municipal. Após receber emendas dos vereadores, a matéria irá a votação final na próxima semana e, caso aprovada, será encaminhada para o prefeito Barbosa Neto (PDT).

As opiniões a respeito dessa iniciativa, que foi promessa de campanha do atual prefeito e de outros candidados nas eleições municipais, são divergentes. Alguns defendem a Guarda Municipal como uma alternativa apra melhorar a segurança na cidade, já que o efetivo da Polícia Militar não tem sido suficiente para conter a violência. Outros, como eu, são contrários por uma série de motivos. Vou explicar os meus, respeitando as posições dos demais cidadãos londrinenses, favoráveis e contrários à Guarda Municipal.

Na minha opinião, a colocação de 200 “guardinhas” nas ruas, com poder para multar e até portar armas de fogo, vai constranger a população. Como toda “autoridade”, eles vão tentar se impor e gerar conflitos, pois, com certeza não aceitarão os argumentos daqueles que se rebelarem contra seus atos.

Isso já acontece atualmente com os agentes da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanismo). Estes usam seus blocos de notificações e canetas como verdadeiras armas. Recorrer das multas é tarefa nula.  Geralmente, aparecem em grupos, mas nunca estão no horário e local que a gente precisa. Será que com a Guarda Municipal vai ser diferente?

Outra coisa: na primeira etapa devem ser contratados 200 guardas municipais, com salário de R$ 805,00. Acrescentando a este valor 60% de encargos, isto vai gerar uma despesa anual superior a R$ 3 milhões ao município, sem contar os gastos com a estrutura necessária, aquisição de armas, carros, combustíveis, equipamentos de comunicação, bafômetros, decibelímetros, uniformes, coletes a prova de balas etc.

Com tudo isto, o investimento vai ser alto e imagina o quanto vai chegar quando forem efetivados os 1.000 cargos previstos no projeto que propõe a criação da Guarda Municipal de Londrina. Somando estes aos policiais civis, PMs e federais que atuam na cidade, teremos por aqui uma legião de homens da lei. Não quero nem estar por aqui quando eles se estranharem, como ocorreu recentemente em São Paulo, lembrando ainda as greves dos trabalhadores deste setor em Fortaleza, Goiânia e Araraquara realizadas este ano.

Acredito que o fim da violência em Londrina passa, necessariamente, pelo aumento do efetivo de PMs, o que precisa ser cobrado do Governo do Estado pelo prefeito, deputados e a sociedade civil organizada. O dinheiro que se pretende empenhar na Guarda Municipal poderia muito bem ser aplicado na ampliação do horário das aulas nas escolas municipais, como forma de entreter as crianças enquanto seus pais trabalham, e também na implantação de mais oficinas e cursos profissionais.

Estas seriam boas alternativas para formar a geração de londrinenses que atualmente está sendo arrebanhada pelo mundo do crime e das drogas.

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: , | 11 Comments »

 
%d blogueiros gostam disto: