ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Megasena, bolões e o lucro milionário da Caixa

Posted by Armando em 25/02/2010

A confusão com o bilhete não registrado do concurso da Megasena de um grupo de apostadores gaúchos, que teriam acertado os seis números do concurso 1.155 desta loteria da Caixa Econômica Federal, ainda vai dar o que falar. O grupo de Novo Hamburgo deve ficar na saudade, pois se o jogo não foi enviado ao sistema, não tem como pleitear os R$ 61.659 milhões que lhes caberiam caso o jogo tivesse sido feito pela lotérica Esquina da Sorte.

O proprietário da lotérica disse à imprensa que a culpa é de uma funcionária, porém, isso não vai resolver a situação, pois a pobre trabalhadora não terá como pagar a fortuna reivindicada para “ganhadores”. A direção da Caixa já manifestou que sem o volante impresso pelo sistema não pagará o prêmio. Resta agora à Justiça resolver esse problema.

Entre outros argumentos apresentados para não pagar o prêmio milionário aos gaúchos, o banco público federal afirmou que não permite a realização e nem mesmo reconhece os chamados “bolões”, que foi o instrumento de aposta utilizado pelo grupo de Novo Hamburgo. Essa foi uma das desculpas mais esfarrapadas dos últimos tempos.

Os bolões existem nas lotéricas há vários anos  e servem de sustento para as lotéricas, já que a comissão pela pela Caixa Econômica pelas apostas é muito irrisória. Segundo o site do banco, para cada aposta de R$ 2,00 da Megasena, por exemplo, a lotérica recebe apenas 0,18, o que representa apenas 9% do valor pago pelo apostador. Além disso, o recebimento de contas também não resulta numa remuneração suficiente para cobrir as despesas com pessoal e a estrutura deste tipo de empreendimento.

LUCRO FÁCIL

Deixando de lado o embróglio criado pela aposta de Novo Hamburgo, um detalhe que quase ninguém percebe quando a Megasena acumula é o valor arrecadado pela Caixa com esta loteria. Num pequeno levantamento feito no site da Caixa: www.caixa.gov.br foi possível observar que foram arrecadados somente com os concursos 1.155 e 1.156 um total de R$ 138.757.958,00. Deste total, a Caixa pagou R$ 19.728.752,40 aos apostadores que acertaram a quina e a quadra da Megasena nestes dois concursos. Ou seja: descontados os prêmios, sobraram ainda 119.029.205,60 para pagar as despesas e impostos. A Caixa ganha 10% para administrar a loteria e mais 20% a título de despesas.

No próximo concurso, a ser realizado no dia 27 de fevereiro a Caixa deve arrecadar mais uns R$ 80 milhões para pagar um prêmio de aproximadamente R$ 70 milhões para quem acertar as seis dezenas, se é que alguém vai conseguir isso. Com uma sobra de caixa desse vulto, está respondido porque a diretoria da Caixa não muda o sistema de premiação da Megasena. Quanto mais alto o valor acumulado, maior é o seu lucro.

A propósito: o concurso 1.156, realizado ontem (24/02) teve as seguintes dezenas sorteadas: 09 – 24 – 31 – 44 – 48 – 49.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: