ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Corrida pela audiência nos programas locais de TVs em Londrina gera “dança das cadeiras”

Posted by Armando em 04/06/2010

Aquilo que só se via, até há pouco tempo, na esfera das grandes emissoras de TV do Brasil, com a corrida para alcançar mais pontos de audiência, agora tornou-se uma realidade neste mercado em Londrina. No final de maio, o apresentador de programa policial, Carlos Camargo, que até então atuava na Rede Tarobá, sumiu do ar, sendo substituído por um de seus repórteres no comando do Programa “Tempo Quente”.

Comentários revelam que Camargo teria “vendido seu passe” para a Rede Massa, do ex-deputado federal e apresentador do SBT, Carlos Ratinho Massa. Segundo fontes não oficiais, o apresentador do programa policial com maior audiência nas TVs de Londrina teria mudado de emissora em troca de um cachê bem convidativo, que o seduziu no momento em que seu contrato com a TV Tarobá (Grupo Muffato) se findava.

Fonte extra-oficial informou que a proposta foi irrecusável e que na casa nova Camargo terá um programa de alcance estadual, contemplando seu antigo projeto profissional. Independente da quantia que o levou a sair da TV Tarobá, após mais de 10 anos de atuação, o fato é que nesta terça-feira, o também apresentador do mesmo gênero, Léo José, ex-Rede Massa e ex-Record, assumiu o comando do Programa “Tempo Quente”.

Seguindo esta meta, de melhorar a colocação no Ibope, a Rede Massa lançou esta semana um programa de esportes “Show de Bola”, que tem como apresentadores o chefe de reportagem da emissora local, Gelson Negrão, o experiente comentarista esportivo, Fiori Luis, e o ex-jogador do Londrina Esporte Clube, Marcio Alcântara. Bem antes disso, a TV do apresentador Ratinho havia desmantelado o jornalismo da TV Tarobá, em Londrina, retirando de seus quadros boa parte dos profissionais da área, incluindo o então chefe de reportagem, Gelson Negrão.

Pelo jeito, as emissoras de TV de Londrina estão faturando alto, pois essa “dança das cadeiras” tem envolvido valores nunca vistos antes na cidade. Vamos torcer para que esta onda de prosperidade também atinja os jornalistas das TVs em Londrina, que atualmente recebem valores próximos do piso salarial do Paraná, com valor de R$ 2.049,00. É pouco, principalmente se for levado em conta a experiência de muitos editores, pauteiros e até repórteres, que recebem salários um pouco acima do piso da categoria.

Sem dúvida, a criação de Planos de Cargos e Salários e a valorização dos profissionais do jornalismo londrinense refletirão na produtividade, com aumento no pico da audiência. É só investir para ver os resultados!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: