ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Archive for 30 de setembro de 2010

Greve dos bancários fecha quase 5 mil agências no País

Posted by Armando em 30/09/2010

No segundo dia da Greve dos bancários, hoje (30/09), 4.985 agências foram paralisadas nos 26 Estados do país e no Distrito Federal, indicando que o movimento deve aumentar ainda mais nos próximos dias pela falta de seriedade da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) nas negociações com o Comando Nacional da categoria. Passados oito dias da última reunião entre as partes, os representantes dos bancos ainda não se pronunciaram a respeito da rejeição dos bancários à proposta que só prevê a reposição de 4,29% da inflação acumada nos últimos 12 meses nos salários.

Segundo os balanços do primeiro semestre deste ano, os seis maiores bancos do País (Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Santander e Caixa Econômica Federal) acumularam um lucro líquido de 21,3 bilhões, fortuna que dá margem para atender com folga as reivindicações dos trabalhadores do setor. Como os próprios números desses bancos sempre demonstram, a maior parte dos ganh0s vem das operações de empréstimos, calcadas nas altas taxas de juros, das tarifas exorbitantes cobradas dos clientes e, é claro, da exploração do número reduzido de bancários que se desdobram para atender clientes e usuários no dia-a-dia.

VEJA AS PRINCIPAIS REIVINDICAÇÕES DOS BANCÁRIOS QUE FORAM REJEITADAS PELA FENABAN

● 11% de reajuste salarial.

● Piso salarial de R$ 1.510 para portaria, R$ 2.157 para escriturário (salário mínimo do Dieese), R$ 2.913 para caixas, R$ 3.641 para primeiro comissionado e R$ 4.855 para primeiro gerente.

● PLR de três salários mais R$ 4 mil fixos.

● Aumento para um salário mínimo (R$ 510) dos valores do auxílio-refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta-alimentação e auxílio-creche/babá.

● Previdência complementar em todos os bancos.

● Proteção à saúde do trabalhador, que inclua o combate às metas abusivas, ao assédio moral e à falta de segurança.

● Medidas para proteger o emprego, como garantias contra demissões imotivadas, reversão das terceirizações e fim da precarização via correspondentes bancários.

● Mais contratações para amenizar a sobrecarga de trabalho, acabar com as filas e melhorar o atendimento ao público.

● Planos de Carreiras, Cargos e Salários (PCCS) em todos os bancos.

Fonte: Contraf-CUT

Posted in NOTÍCIA, VIDA BANCÁRIA | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: