ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Jornalistas do PR dizem não aos cortes nos direitos e sim ao aumento real nos salários

Posted by Armando em 06/11/2010

Os Sindicatos dos Jornalistas Profissionais do Paraná e do Norte do Paraná e o Sindicato das empresas de rádio, TV e impressos realizaram ontem (5/11), em Curitiba, mais uma rodada de negociação. Na oportunidade, os representantes dos jornalistas ressaltaram a importância da pauta de reivindicações, que foi construída com base em números do mercado (balanços de empresas de comunicação, levantamentos do Projeto Inter-meios, o momento da economia e reajustes nas tabelas de anúncios dos veículos).

Segundo Ayoub Hanna Ayoub, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná, nos últimos três anos as empresas acumularam aumento no faturamento de 16%, mas, no entanto, os jornalistas só receberam no mesmo período a reposição da inflação. “Estamos há 14 anos sem aumento real, ao mesmo tempo em que diversas outras categorias profissionais do País vêm negociando, com sucesso, índices de reajuste salarial acima da inflação desde 2004. As empresas precisam seguir essa tendência, como forma de valorizar seus profissionais, como outros setores da economia fazem”, cobra Ayoub.

De acordo com ele, os sindicalistas também “rechaçaram” a proposta patronal, de trocar o anuênio por um índice de apenas 1% de aumento real, e outras que visam tão somente a redução de direitos. Após este debate foi definido entre as partes a realização de nova rodada de negociação no dia 17 de novembro, em Curitiba, na qual as empresas deverão apresentar uma contraproposta para os jornalistas. Segundo Ayoub, foi cobrada uma proposta que tenha pelo menos aumento real, ampliação da Licença-maternidade para 180 dias e manutenção dos atuais direitos da categoria.

Mobilização fortalecida

 

As atividades de pressão contra as empresas de rádio, TV e impressos do Paraná continuarão nos próximos dias. O representante dos patrões, advogado Carlos Ribas Santiago, disse que não há boas perspectivas de ser apresentada uma resposta na próxima reunião. Diante dissa postura, os jornalistas profissionais do Estado ampliarão as atividades para mostrar às empresas que estão unidos e não aceitam a redução de direitos e querem avanços na Campanha Salarial deste ano. A mobilização visa demonstrar a insatisfação com a falta de incentivos nas políticas de pessoal das empresas de comunicação do Paraná.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: