ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Empresas de segurança rejeitam proposta do MPT e levam Greve dos vigilantes para o segundo dia no Paraná

Posted by Armando em 02/02/2011

A intransigência das empresas de segurança patrimonial do Paraná leva para o segundo dia a Greve dos vigilantes no Estado. Ontem (1º/02), o Ministério Público do Trabalho tentou solucionar o entrave nas negociações entre patrões e empregados, durante audiência realizada à tarde, em Curitiba, sugerindo uma proposta de acordo que previa reajuste de 7% nos salários, vale-refeição de R$ 14,00 e Adicional de risco de 13%.

As empresas rejeitaram esta proposta, mantendo apenas o reajuste da inflação nos salários e benefícios. Diante desta postura, os vigilantes decidiram, em Assembleias realizadas ontem nas principais cidades do Estado, manter a Greve por tempo indeterminado.

A categoria reivindica reajuste de 12%, que contempla a inflação dos últimos 12 meses mais 5% de aumento real, R$ 15,00 de Vale-refeição e Adicional de risco de 15%. A Greve afeta principalmente o atendimento nas agências bancárias do Estado com maior porte, pois de acordo com a Lei 7.102, os bancos só podem operar sob a proteção de pelo menos dois vigilantes.

Fonte: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: