ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Juízes federais pressionam Governo Dilma a conceder reajuste salarial

Posted by Armando em 26/02/2011

Os juízes federais estão mobilizados para buscar reajuste nos seus salários este ano junto ao Governo de Dilma Rousseff. Segundo informações da Agência Estado, a categoria pode ameaça deflagrar Greve, o que poderia gerar uma crise institucional.

Fontes do Governo afirmam que no atual momento está descartado qualquer reajuste ao Judiciário, pois isto abalaria a intenção de Dilma de ajustar as contas públicas, vide a pressão feita ao Congresso Nacional para aprovar o salário mínimo de R$ 545,00. De acordo com a Agência Estado, foi negado o pedido foi feito pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cezar Peluso, no sentido de reajustar os salários dos ministros e servidores daquela corte.

Descontentes com o posicionamento do Governo, os magistrados do STF definiram três frentes para chegar ao seu intento. Em uma delas foi negociado com o Congresso Nacional projeto de lei que estabelece o aumento de 14,79% em seus salários. Agora eles estão pressionando os presidentes da Câmara e do Senado a colocarem a matéria em votação.  Outra tentativa foi a interferência de Cezar Peluso junto ao Governo, que acabou frustrada. No Conselho Nacional de Justiça os ministros do STF conseguiram obter o direito de vender 20 dias de suas férias de dois meses como forma de ampliar a remuneração.

A pressão dos juízes continua. Resta saber agora se esta reivindicação será atendida pela presidenta Dilma Rousseff.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: