ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Movimento sindical mobiliza trabalhadores pela humanização nas perícias do INSS

Posted by Armando em 26/04/2011

Aproveitando a semana em que é celebrado o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes do Trabalho, o dia 28 de Abril, a CUT (Central Única dos Trabalhadores) está encaminhando este ano a Campanha pela Humanização das perícias médicas do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). O objetivo é acabar com as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores acometidos por doenças do trabalho para receberem benefícios do órgão e demais direitos previstos na legislação e mudar a visão da maioria dos perítos, de que os pedidos de afastamentos são fraudulentos, conforme argumenta a CUT.

Esta campanha é a manchete do VIDA BANCÁRIA desta semana, informativo produzido pelos Sindicatos de Bancários de Londrina, Apucarana, Arapoti e de Cornélio Procópio, situados no Norte do Paraná. A categoria bancária, recordista na incidência de LER/DORT, é uma das que mais sofrem com os rigores das perícias do INSS. Segundo noticiou o VIDA, muitas vezes os trabalhadores recebem alta sem estarem aptos a retornarem às funções responsáveis pelo afastamento.

De acordo com dados da OIT (Organização Internacional do Trabalho), anualmente ocorrem cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho e 160 milhões de doenças ocupacionais. Isto provoca 2,3 milhões de mortes de trabalhadores ao ano. Com a Campanha pela humanização das perícias do INSS, a CUT também está buscando junto ao Governo Federal e aos parlamentares a edição de uma política nacional de proteção ao trabalhador, além do cumprimento da ética médica, maior atenção à saúde da classe trabalhadora pelo SUS (Sistema Único de Trabalho) e a defesa do trabalho decente, mediante a responsabilização das empresas que não seguem as normas de segurança e saúde no trabalho.

A edição nº 1.176 do VIDA BANCÁRIA traz ainda relatos sobre os protestos realizados na Região no Dia Nacional de Luta dos funcionários do Itaú Unibanco, contra as demissões e as metas abusivas e por melhores condições de trabalho.  O jornal informa ainda sobre a negociação entre a Contraf (Confederação Nacional dos Bancários) e o Banco do Brasil sobre o projeto BB 2.0 e a intenção da instituição de retirar as portas com detector de metais das agências. O VIDA também relata a falta de segurança nos PABs (Postos de Atendimento Bancário) na Região de Cornélio Procópio, que resultou no furto do caixa eletrônico na unidade de Congonhinhas no último feriado.

Leia o jornal na íntegra acessando os links abaixo:

Capa

Pág. 2

Pág. 3

Pág. 4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: