ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Trapalhada ou golpe? Sanepar e Copel cobram tarifas mais altas dos paranaenses

Posted by Armando em 13/06/2011

Nos dois últimos meses os paranaenses estão levando sustos ao receberam suas contas de água e energia elétrica, que têm apresentado valores bem mais altos do que os de costume. Na Sanepar, a companhia de saneamento do Paraná, além do reajuste de 16% promovido pelo governador Beto Richa (PSDB), em abril, no mês de maio algumas contas ficaram mais “salgadas” em função do atraso na medição, como foi o meu caso.

Ao invés de pagar os habituais 10 metros cúbicos, mesmo quando consumo 8 ou 9 metros, na minha conta do mês de maio tive que pagar um metro a mais porque a medição computou 33 dias de gasto de água. Essa demora me custou um adicional de R$ 5,11. Questionando a Sanepar me informaram que o atraso se deu em decorrência dos feriados e que poderei ser compensado na próxima fatura. Estou no aguardo.

Agora cabe a seguinte pergunta: será que os milhares de consumidores que também tiveram suas contas elevadas por conta do atraso na medição do mês de maio procuraram a Sanepar para reaverem os valores cobrados a mais? Indago ainda se não é possível alterar o sistema para futuras situações como esta para compensar o consumidor no ato da emissão da fatura, como ocorre quando o consumo fica abaixo de 10 metros cúbicos e é cobrada a tarifa mínima?

Para fazer sua reclamação à Sanepar ligue para o telefone 115.

Caso da Copel é escandaloso

O susto dos consumidores com as contas da Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica) no mês de maio (será coincidência?) foi estrondoso. Em Londrina, o Procon (Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor) foi acionado por inúmeras pessoas, que se sentiram lesados com o aumento do consumo de energia constante nas faturas.

A justificativa dada pela Copel é de que houve mudança no sistema de medição, que apurou o consumo em 40 dias. Diante das inúmeras reclamações surgidas nos últimos dias, a Companhia disse que a próxima leitura será feita em 20 dias para compensar a “mordida” adicional.

Em Londrina, a empresa montou um guichê de atendimento aos consumidores na sede do Procon, que fica na Rua Mato Grosso, 299 – telefone: 151. Certo ou errado, creio que a Copel errou por não ter divulgado essa mudança anteriormente aos consumidores, minimizando os efeitos desse procedimento. Tomara que isso não se repita!

Anúncios

2 Respostas to “Trapalhada ou golpe? Sanepar e Copel cobram tarifas mais altas dos paranaenses”

  1. jose carlos said

    É golpe da Copel. Conferi as duas contas,tá tudo normal. Só não entendi os 30 reais a mais para pagar, e vai ficar por isso mesmo. Se eu não pagar fico sem o relógio. É a cruz e a espada,neste país nos dias de hoje é só na bala……..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: