ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Funcionários do Banco do Brasil e da Caixa também conseguem avanços nas negociações

Posted by Armando em 15/10/2011

Os funcionários do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal também conseguiram ontem (14/10) novas propostas de Acordo com as diretorias destes bancos federais, apresentadas ao Comando Nacional dos Bancários. Ambas as instituições seguirão o que foi definido pela categoria com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e defiram as questões específicas. As propostas serão avaliadas em Assembleias que devem ocorrer até a segunda-feira (17/10).

A proposta do Banco do Brasil prevê valorização do piso com reflexo no plano de carreira. O valor do piso passará a ser de R$ 1.760,00; com reflexo na curva do PCR (interstícios). Com a Greve os funcionários também conseguiram PLR maior (que vai variar de 9,9% a 13,1% em relação ao 1º semestre de 2010), além de alguns benefícios nas áreas sociais e de saúde. O banco fornecerá 1 mil bolsas de estudos para graduação e 500 para pós-graduação.

A Greve da Caixa Econômica Federal garantiu a manutenção da PLR Social, conquistada na Campanha Salarial de 2010, que distribuirá 4% do lucro líquido de forma linear para todos os empregados, além da regra básica e parcela adicional da PLR acordada com a Fenaban. Esse valor será distribuído mesmo que, somado à regra da Fenaban, seja ultrapassado o limite de 15% do lucro da empresa previsto na Convenção Coletiva da categoria.

A mobilização assegurou ainda um novo aumento no piso dos empregados, que se daria com uma mudança na tabela do PCS (Plano de Cargos e Salários). Pela proposta apresentada pela Caixa, os novos concursados passariam a ingressar na Referência 202 e, depois de 90 dias, avançariam automaticamente para a 203. Assim, o salário após os 90 dias do contrato de experiência passaria dos atuais R$ 1.637,00 (valor atual da ref. 202) para R$ 1.826,00 (referência 203 já aplicado o reajuste de 9% negociado com a Fenaban), representando assim um reajuste de 11,55% neste piso.

Além disso, a empresa irá repassar o aumento de R$ 39,00 na tabela do PCS conquistado no ano passado para os empregados que estão na tabela do PCS antigo.

Outro avanço importante da Greve é o compromisso assumido pelo banco de contratar 5 mil novos empregados, que elevará seu quadro de pessoal dos atuais 87 mil empregados para 92 mil, até dezembro de 2012, melhorando com isto as condições de trabalho e de atendimento.

Fonte: VIDA BANCÁRIA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: