ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Bancários iniciam construção da Campanha Salarial 2012

Posted by Armando em 09/05/2012

O Comando Nacional dos Bancários definiu, em reunião realizada no dia 4 de maio, em São Paulo, o calendário de organização da Campanha Nacional Unificada da categoria para este ano. Segundo informa o jornal VIDA BANCÁRIA, este é o primeiro passo para iniciar a construção da Campanha, que será iniciada por uma consulta aos bancários para levantar as reivindicações a serem negociadas junto à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e, posteriormente, pelas Conferências Regionais, Estaduais e Nacional.

Este ano, a Conferência Nacional dos Bancários, foro que vai aprovar a Minuta de Reivindicações e estratégias de mobilização dos trabalhadores, será realizada nos dias 20, 21 e 22 de julho, em Curitiba. A Conferência Estadual vai ser nos dias 30 de julho e 1º de julho em Umuarama, no Oeste do Paraná.

Segundo Wanderley Crivellari, presidente do Sindicato dos Bancários de Londrina, o momento é propício para debater a atual estrutura do Sistema Financeiro Nacional. “O desenvolvimento econômico e a redução dos juros exigem mudanças urgentes no setor mais lucrativo do Brasil, visando melhorar o atendimento à população e a qualidade de vida para bancários e bancárias”, avalia.

A edição do VIDA BANCÁRIA desta semana traz também relatos sobre a realização da nona edição da Operação “Demitiu, Parou”, promovida pelo Sindicato dos Bancários de Londrina, em agências do Itaú. A agência Ouro Verde, localizada no Centro de Londrina, permaneceu paralisada durante todo o dia 3 de maio.

O jornal destaca ainda a posse da gestão “Por Emprego Decente” no Sindicato dos Bancários de Apucarana, que a partir do dia 4 de maio tem como presidente o bancário e professor universitário Antonio Pereira da Silva, funcionário do Itaú.

A Resolução editada pelo Banco Central no dia 26 de abril, alterando as regras para que os bancos abram postos de serviços, é criticada no VIDA.  Para José Ubiraci de Oliveira, presidente do Sindicato dos Bancários de Arapoti, esse é o caminho para reduzir custos, precarizando ainda mais as condições de trabalho dos bancários e de atendimento para a população. “Isso pode levar à substituição das agências por postos de serviços com uma estrutura mínima e, é lógico, mais barata para os bancos”, aponta o sindicalista.

Clique nos links abaixo para ler o VIDA BANCÁRIA na íntegra:

Capa

Pág. 2

Pág. 3

Pág. 4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: