ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Secretaria da Educação do Paraná suspende distribuição de aulas dos PSS em 2015

Posted by Armando em 28/01/2015

Logo PSSPor conta da grave crise financeira instalada nas contas do Governo do Paraná há algum tempo, diversos setores estão sendo prejudicados, em especial os professores contratados pelo sistema PSS (Processo Seletivo Simplificado). Eles foram penalizados com o atraso do pagamento referente ao mês de dezembro de 2014, pago somente no último dia 8 de janeiro e muitos com contratos vencidos estão aguardando o acerto das rescisões.

Agora, a Seed (Secretaria Estadual de Educação) afirmou à direção da APP Sindicato que a distribuição de aulas para o ano letivo de 2015 foi suspensa devido a readequações na estrutura das escolas. Na reunião realizada ontem (27/01), em Curitiba, a Seed disse que não há previsão de que uma empresa realize a contratação destes profissionais e que o próprio orgão, através dos Núcleos Regionais de Educação, fará esta distribuição assim que for autorizada.

“Reafirmamos a importância da distribuição de aulas aos PSS o quanto antes, assim como a posse dos novos concursados, o que possibilita sua participação na semana pedagógica. O atraso nestes processos interfere diretamente no dia a dia da escola, prejudicando o processo de aprendizagem e a organização das unidades escolares”, afirma o professor Hermes Leão, presidente da APP Sindicato.

A entidade também está pressionando o governador Beto Richa (PSDB) a cumprir a pauta de reivindicações financeiras. No dia 23 de janeiro, a APP esteve reunida com o secretário de Educação, Fernando Xavier Ferreira, quando foram cobradas respostas para as pendências, em especial as relacionadas ao pagamento do 1/3 de férias e das rescisões dos PSS.

Entre outros pontos foi reivindicada a regularização do repasse do fundo rotativo, repasse do Auxílio-alimentação para os funcionários das escolas, pagamento das progressões e promoções das professoras e funcionários, que já soma cerca de R$ 70 milhões. Insistiu-se, ainda, no cumprimento do reajuste de salários dos professores conforme índice aplicado ao piso nacional de 13,01%.

Fonte: APP Sindicato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: