ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

Temer dá uma de ‘Hobin Hood’ às avessas ao tirar dos pobres para alimentar ricos

Posted by Armando em 17/08/2016

Temer hoodO vice-presidente Michel Temer (PMDB), em pouco tempo no comando do país já mostrou a que veio: resolver as demandas dos grandes empresários e da elite bate-panela.

Ao anunciar reformas na legislação trabalhista e na Previdência Social, em nenhum momento seu governo citou medidas para combater a sonegação de impostos pelas empresas, fiscalização sobre contratações irregulares de empregados ou até mesmo o corte de aposentadorias e pensões com valores elevados.

Sua intenção é “flexibilizar” direitos estabelecidos na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e aprovar no Congresso Nacional o projeto de lei 030/2015, que vai liberar a terceirização no país do jeito que os patrões querem.

Com estas duas medidas não haverá mais emprego formal, muito menos direitos legais, pois o governo Temer também quer que seja aprovado outro projeto determinando que as negociações entre patrões e trabalhadores prevalecerão sobre o que está previsto na CLT. É o que eles chamam de “negociado sobre o legislado”.

No caso da Previdência, além do aumento da idade e do tempo de contribuição para requerer a aposentadoria, Michel Temer e sua turma também estão prestes a fazer a revisão das aposentadorias por invalidez. Com isto, milhares de brasileiros e brasileiras que atualmente recebem um salário mínimo por terem sido considerados inaptos para o trabalho anos atrás terão que se submeter a perícias do INSS e provar que merecem receber o benefício.

Quem já passou pelas mãos dos peritos do INSS sabe como isso é difícil!

Não bastasse tudo isso, esta semana a grande imprensa noticiou que o vice-presidente também está de olho em quem recebe conjuntamente benefícios de aposentadoria e pensão pela morte do cônjuge. Viúvas e viúvos que se cuidem, pois seus ganhos podem ser cortados pela metade.

Nota-se que o objetivo é tirar o pouco daqueles que recebem pequenos benefícios da Previdência. Em nenhum momento se falou em rever ou muito menos cortar aquelas pensões vitalícias, que passam de pai pra filho, com valores exorbitantes.

Esse governo aí também não quer mexer nas aposentadorias dos políticos, que têm regras muito mais vantajosas do que as impostas aos trabalhadores em geral. O mesmo Temer, dizem, por aí, se aposentou aos 53 anos de idade. Se descontar 35 de contribuição, que ele não deve ter pago, significaria que começou a recolher para a Previdência Social aos 18 anos de idade.

Sem falar no acúmulo de aposentadorias que muitos políticos têm, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, entre outros.

Diante de tudo isso, não restam dúvidas de que o objetivo deles é equilibrar as contas da Previdência e do país com cortes em direitos e benefícios das camadas mais pobres da população. Assim, Michel Temer segue aos trancos e barrancos, agindo como se fosse um “Hobin Hood” às avessas, tirando dos pobres para manter as vantagens dos ricos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: