ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

  • AGENDA

    maio 2022
    S T Q Q S S D
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Assinar

  • Visitas ao Blog

    • 1.160.215 acessos

Posts Tagged ‘ELEIÇÕES 2010’

Beto Richa monta secretariado com equipe “coxa branca” e derrotados em 2010

Posted by Armando em 05/01/2011

O novo governador do Paraná, Carlos Alberto Richa, mas conhecido na política como Beto Richa (PSDB), assumiu o cargo decretando moratória de 90 dias e auditoria nas contas. Trazendo na bagagem um mandato e meio como prefeito de Curitiba, Beto não teve muito trabalho para formar seu secretariado, composto basicamente por ex-secretários da capital do Estado.

Entre eles estão sua esposa, Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento Social), seu irmão, José Richa Filho (Infraestrutura e Logística), Ivan Bonilha (Procuradoria Geral), Luiz Eduardo Sebastiani (Administração e Previdência), Norberto Anacleto Ortigara (Agricultura e Abastecimento), Marcelo Cattani (Comunicação Social), Michele Caputo Neto (Saúde) e Deonilson Roldo (Chefia de Gabinete).

Para completar o quadro, Beto Richa chamou os deputados federais reeleitos em outubro passado, Cezar Silvestri (Desenvolvimento Urbano) e Luiz Carlos Hauly, além do ex-prefeito de Curitiba, Cássio Taniguchi, sucessor e amigo do ex-governador Jaime Lerner.

Os demais integrantes do novo secretariado do Paraná devem ter sido escolhidos para representar determinadas regiões do Estado, selecionados de acordo com a experiência nas pastas às quais estarão à frente ou para compensar derrotas nas urnas em 2010, como é o caso do ex-prefeito de Maringá e ex-deputado federal, Ricardo Barros, que não conseguiu se eleger senador e agora ocupará a secretaria de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul.

Outro que não teve sucesso nas eleições de 2010, Antonio Carlos Salles Belinati, filho do prefeito cassado de Londrina, Antonio Casemiro Belinati, foi nomeado por Richa para a diretoria comercial da Sanepar. A presidência da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) ficou com o ex-secretário de Comunicação da Prefeitura de Curitiba, Fernando Eugênio Ghihnone.

Independente do critério da escolha, se política ou por competência, resta saber se o secretariado de Beto Richa vai trabalhar em prol de todo o Estado ou manter o apadrinhamento à região metropolitana de Curitiba. Esta há anos vem sendo agraciada com a maioria dos recursos do Governo do Paraná, em detrimento das demais cidades paranaenses e aos servidores públicos, que ficaram à míngua durante os oito anos de gestão deste mesmo grupo “coxa branca” no governdo de Jaime Lerner, PSDB & Cia.

Fica também a dúvida se Beto vai governar para o Estado ou para tentar elevar sua imagem a nível nacional, visando a candidatura à Presidência da República em 2014, abandonando no meio o cargo que acabou de assumir, como fez em sua segunda gestão como prefeito de Curitiba.

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | Leave a Comment »

Eleições 2010: mensagem aos cristãos contaminados pelo ódio

Posted by Armando em 30/10/2010

À véspera da eleição para a Presidência da República, aproveito para publicar neste Blog resposta que enviei a um leitor indignado com o posicionamento de padres de Londrina a favor da candidatura de Dilma Roussef (PT). Preferências eleitorais e partidárias à parte, publico aqui o que penso a respeito desta eleição e espero que você reflita a respeito disso, pois em toda minha vida nunca vi tanta baixaria e violência gratuita em torno de um processo que deveria se dar em torno de propostas para o País. Como verá ao final do texto abaixo, espero que nas próximas eleições o comportamento dos candidatos seja diferente do que vimos nos últimos dias.

“Sou católico e dizimista também, mas não concordo com sua opinião. A forma como alguns padres e fiéis estão tratando esta questão é lamentável, pois está gerando discórdia e muito ódio nas pessoas em relação aos dois candidatos, o que, ao meu ver, não deveria ocorrer para quem crê em Deus e em tudo o que ele nos ensinou através de seu filho Jesus.
 
Apesar do candidato do PSDB dizer que Dilma é a favor do aborto, não declara que sua própria mulher já se submeteu a esse tipo de procedimento para retirar um filho. Isto está estampado na internet, inclusive com depoimentos de alunas de Mônica Serra, que teriam ouvido dela, em sala de aula, a afirmação de que já teria feito aborto .
 
Pois é. Conheci uma série de colegas de faculdade que também fizeram isso, pois não tinham condições de arcar com filhos na época. Uma delas hoje está casada e tem lindos filhos. Foi um erro do passado e não convém ficar julgando as pessoas por atos impensados, como foi o caso de Mônica Serra, de minhas amigas e de milhares de outras mulheres brasileiras.
 
O que não podemos aceitar, como cristãos que somos, é SATANIZAR a candidata Dilma por uma coisa que ela não fez. Ninguém até hoje publicou uma declaração dela dizendo ser a favor do aborto, nem mesmo foi visto algum áudio ou vídeo com tal posicionamento. É tudo invenção dos maus políticos, que querem chegar ao poder a qualquer custo.
 
Todos sabemos que por trás dessa questão está uma oposição que não quer ver o Partido dos Trabalhadores por mais oito anos no comando do País. Infelizmente colocaram esse boato nas ruas, gerando discussões acaloradas e a ruptura de amizades antigas, o que não é bom para ninguém.
 
Felizmente faltam poucos dias para que tudo isso se acabe. Penso que no dia 1º de novembro todos devemos fazer uma análise do que se passou nas eleições deste ano para que toda essa podridão não venha à tona no próximo pleito. Espero que com isto possamos discutir política de forma sensata, verdadeira e não com mentiras, como vimos agora, implantadas aos montes por aquele que se intitula do BEM.”

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | Leave a Comment »

Padres de Londrina divulgam Carta Aberta em apoio a Dilma

Posted by Armando em 28/10/2010

Um grupo de padres e religiosos de Londrina divulgou Carta Aberta à população expressando sua posição em relação ao segundo turno da eleição para a Presidência da República, como forma de reverter o que a mídia divulgou nos últimos dias para comprometer a imagem da candidata Dilma Rousseff (Coligação Para o Brasil Seguir Mudando).

O documento, assinado por 18 padres, freis e irmãos, destaca as ações do Governo Lula em defesa da vida e lembra que foi José Serra (PSDB), quando ocupou o Ministério da Saúde no governo de Fernando Henrique Cardoso, quem regulamentou a Lei do Aborto no SUS (Serviços Único de Saúde).

A iniciativa deste grupo de padres e religiosos é um exemplo de fazer política para o conjunto da sociedade, diferenciado do que tem feito os grandes veículos de comunicação e mensagens apócrifas espalhadas aos montes pela internet, que satanizam Dilma Roussef, sem levar em conta o mal que José Serra e seus correligionários do PSDB e do DEM fizeram ao Brasil, vendendo tudo o que conseguiram e deixando o País à mingua, ampliando as desigualdades sociais enquanto estiveram no poder.

Leia abaixo a íntegra da Carta Aberta dos padres e religiosos de Londrina e tire suas próprias conclusões sobre quem realmente representa o BEM nesta eleição.

CARTA ABERTA DE PADRES E RELIGIOSOS SOBRE A ELEIÇÃO

‘Se nos calarmos, até as pedras gritarão!” (Lc 19,40)

Nós, padres e religiosos, abaixo assinados, diante da avalanche de manifestos de religiosos católicos e evangélicos divulgados pelos meios de comunicação, nos sentimos na obrigação de vir a público para expressar também a nossa posição.

Como a discussão política tem girado em torno da questão da vida, queremos dizer que o Governo destes últimos oito anos tem dado um bom exemplo de defesa da vida, tirando milhões de famílias da miséria, melhorando os salários, aumentando o emprego, investindo na melhoria das condições de trabalho dos pequenos agricultores, cuidando da educação, ao ponto de dar oportunidade aos jovens pobres de chegar à educação superior, além da melhoria na saúde e em todas as áreas da administração pública.

Quanto ao aborto, lembramos que foi o candidato José Serra (PSDB), quem regulamentou a Lei do Abordo, regulamentando o atendimento no SUS, em 1988, quando foi ministro da Saúde.

Para que a atual administração a favor da vida para todos não tenha interrupção, mas continue e avance sempre mais, vimos a público declarar nosso voto a favor da candidata Dilma – 13 e convidamos todos os eleitores e eleitoras, defensores da vida para nos acompanhar nesta nossa opção.

Assinamos:

– Pe. Jorge Pereira de Melo – Paróquia Santa Cruz (Cinco Conjuntos)
– Pe. João Batista Pires – Paróquia Santa Mônica (Jd. Santa Mônica)
– Pe. José Onero dos Santos – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Vila Nova)
– Pe. Paulo Roberto Martins – Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Vila Recreio)
– Ir. Bruno dos Reis Paula, CR – Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Ouro Branco)
– Pe. José Alves de Souza – Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos (Shangri-lá)
– Pe. Paulo Brincat – Paróquia Nossa Senhora das Graças (Vila Brasil)
– Pe. Altair Manieri – Paróquia Nossa Senhora dos Migrantes (Jd. Novo Bandeirantes)
– Pe.  Delcides André de Souza, CR – Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Ouro Branco)
– Fr. Ildo Perondi – Capuchinho
– Pe.  Mauro Pedrinelli – Paróquia Imaculada Conceição (Centro)
– Pe. Agenor Martins da Silva, CSSR – Missionário Redentorista
– Pe. Luiz Laudino – Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem
– Pe. Diceu Luiz Fumagalli – Diocesano/CPT Nacional
– Frei Vicente Artuso – Capuchinho
– Pe. Carlos Alberto Wessler – Josefinos de Murialdo
– Frei José Bispo de Souza – Josefinos de Murialdo

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: | 2 Comments »

Dirigentes sindicais de Londrina saem às ruas em busca de apoio para Dilma

Posted by Armando em 25/10/2010

Dirigentes sindicais de Londrina de diversas categorias profissionais se uniram e estão mobilizados para buscar apoio à candidata à Presidência da República, Dilma Roussef (PT-PMDB-PTN-PSC-PCdoB e). No último sábado (23/10) e hoje (25/10) os sindicalistas realizaram corpo-a-corpo com a população no Calçadão da cidade e no Terminal Urbano de ônibus para convencer os eleitores a votarem na petista e assim reverter sua votação em Londrina. No primeiro turno ela ficou em terceiro lugar na cidade.

O material utilizado pelos dirigentes sindicais traz um comparativo entre os governos de FHC e Lula, demonstrando as diferenças na economia nos campos social, educação, habitação e outros. Também são destacados os repasses de recursos para o município durante os sete anos de gestão de Lula, que somam mais de R$ 1,2 bilhão.

Paulo Lima, bancário aposentado do Banco do Brasil é um dos coordenadores do Movimento Sindical pró-Dilma, afirma que esta mobilização é necessária para abrir os olhos dos londrinenses para o risco de eleger José Serra (PSDB). “Esse candidato do DEM (sic) tem um histórico de privatizações durante o governo FHC, no qual foi responsável pelo plano de privatizações e não desistiu de se desfazer de empresas públicas, basta ver a venda da Nossa Caixa efetuada no ano passado ao Banco do Brasil”, argumenta Paulo.

Ele conta que no material informativo também é lembrada o fraco desempenho de Serra como deputado constituinte, em 1988, quando obteve nota 3,75 pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) por ter se posicionado contrário a diversos direitos dos trabalhadores.  “Ter ele como presidente pode significar também a aprovação no Congresso Nacional de projetos que flexibilizam direitos dos trabalhadores, como FHC fazia. Basta ver sua conduta ao não assinar compromisso de combate à escravidão no Brasil”, ressalta o bancário aposentado.

Clique nos links abaixo para ler o Jornal do Movimento Sindical de Londrina:

Capa

Pág. 2

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: | Leave a Comment »

Serra apagou do currículo o abandono da UNE, dos estudantes e do Brasil

Posted by Armando em 11/10/2010

Acostumado a bater firme em sua adversária Dilma Roussef (PT), discursando aos quatro cantos que tem “história”, experiente e que é o melhor em tudo, José Serra omitiu em seu currículo o que ocorreu no início de abril de 1964, quando os militares tomaram o poder no Brasil. Lendo artigo do professor Emir Sader: “Duas trajetórias distintas“, publicado no porta da Carta Maior no dia 26 de setembro de 2009, fiquei sabendo um pouco mais sobre o comportamento do então jovem estudante e presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes).

No artigo, Sader lembra que Serra sempre teve sede de poder e usou de todos os artifícios para chegar ao comando da UNE. “José Serra era dirigente estudantil, tinha sido presidente do Grêmio Politécnico, da Escola de Engenharia da USP. Já com aquela ânsia de poder que seguiu caracterizando-o por toda a vida, brigou duramente até conseguir ser presidente da União Estadual dos Estudantes (UEE) de São Paulo e, com os mesmos meios de não se deter diante de nada, chegou a ser presidente da UNE.”

Disse ainda o professor que semanas antes de  instalada a Ditadura, em março de 1964, o candidato a presidente nas eleições deste ano discursou bravamente em comício realizado na Central do Brasil e que no dia do Golpe dos militares chegou até a decretar Greve Geral dos estudantes. Infelizmente, como recorda Emir Sader, o MEDO dos milicos pesou mais e José Serra abandonou os estudantes, a UNE e o Brasil.

Este fato o tucano não site entre os feitos exaltados em sua campanha eleitoral. Com certeza, seus correligionários de 1964 não se esqueceram disso, como o professor Sader. Essa história não pegaria bem na biografia de quem quer chegar ao poder a qualquer custo.

Essa profunda ambição justifica aos incansáveis ataques a Dilma, que, ao contrário de Serra, permaneceu no País durante a Ditadura e participou efetivamente da resistência, pagando caro por isso. Como bem lembrou Emir Sader: “Ficou claro o caráter de Serra, que só voltou ao Brasil quando já havia condições de trabalho legal da oposição, sem maiores riscos.

Será este o presidente que nosso País merece?

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | Leave a Comment »

Serra começa segundo turno com mais baixarias

Posted by Armando em 09/10/2010

Depois de ter tentado passar para o segundo turno da eleição presidencial deste ano fazendo ligações entre Dilma Roussef (PT) e o ex-deputado José Dirceu (PT-SP), José Serra (PSDB) começou sua campanha com baixarias pra todo lado com o objetivo de vencer o pleito.

No programa de rádio veiculado ontem (8/10), no horário do almoço, o tucano abriu “mala de ferramentas”. Um dos apresentadores falou de sua votação no primeiro turno, na qual alcançou cerca de 33 milhões de votos, e pouco depois, em outra fala, afirmou que Serra teve “mais de 50 milhões de votos para chegar ao segundo turno”. De matemática, todos sabem, o ex-governador de São Paulo não entende nada, como já foi amplamente divulgado na internet (veja aqui), mas daí somar os 20 milhões de votos obtidos por Marina Silva (PV) aos seus é demais.

O programa de Serra no rádio também apelou para desqualificar a candidata petista, ressaltando aos ouvintes para não terem MEDO e votarem em quem tem experiência e história. Como o próprio presidente Lula tem dito nos últimos dias, o termo MEDO foi usado e abusado na campanha de Serra de 2002, quando foi derrotado na corrida para a Presidência da República. Essa mesma mesquinharia ressurge agora contra Dilma na tentativa do candidato das privatizações de chegar lá.

Pergunto: se em 2002, com a experiência apenas de deputado federal e ministro de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), José Serra aceitaria que seu adversário, no caso Lula, baixasse tanto o nível na campanha, comparando “currículos”, como tem feito agora com Dilma Roussef. Pois é, foram apenas dois anos de mandato como prefeito, pois o tucano Serra largou no meio a Prefeitura de São Paulo para agarrar o Governo do Estado, no qual há pelo menos um ano deixou de lado para se dedicar à campanha para presidente da República.

A baixaria de ontem no rádio do Serra não parou por aí. Dois atores fizeram um diálogo pra lá de sacana, envolvendo uma lojinha de R$ 1,99 que Dilma supostamente teve em Porto Alegre. No final da conversa falaram que a loja fechou, pois não foi bem administrada, insinuando que a petista não teria condições de dirigir o Brasil, pois não conseguiu manter esse negócio.

Com esse nível de política dá pra imaginar por que José Serra não conseguiu elaborar um Programa de Governo. Com certeza, sua “competente” equipe está muito atarefada, criando coisas desse tipo o tempo todo e não tem tempo para pensar no futuro do Brasil.

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | Leave a Comment »

Pesquisa Ibope/RPC aponta empate entre Beto e Osmar no Paraná

Posted by Armando em 03/10/2010

A pesquisa divulgada ontem (2/10), à noite, pela RPC (Rede Paranaense de Comunicação) aponta o empate entre os candidatos Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT), que disputam o Governo do Estado. Ambos estão empatados com 49% da preferência do eleitorado. Veja no vídeo como ficaram os números do Ibope/RPC.

Os candidatos Luiz Felipe Bergman (PSOL) e Paulo Salamuni (PV) foram citados por 1% dos entrevistados. De acordo com o Ibope, 3% dos eleitores declararam que iriam votar em branco.

Agora cabe ao eleitor fazer a diferença nas urnas e escolher o que melhor poderá representar os paranaenses no Governo do Estado.

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: | Leave a Comment »

RPC deve divulgar hoje à noite pesquisa sobre a eleição para Governo do Paraná

Posted by Armando em 02/10/2010

Se o prefeito licenciado de Curitiba e candidato pelo PSDB ao governo do Paraná, Beto Richa, não conseguir barrar mais uma vez a divulgação de pesquisas eleitorais, a RPC (Rede Paranaense de Comunicação) deve revelar às 19h00 deste sábado (2/10)  os números da consulta feita pelo Ibope, já liberada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), conforme divulgou o site do Estadão.

O candidato tucano impediu nos últimos dias a divulgação de uma série de pesquisas eleitorais, utilizando diversas artimanhas para evitar que os números da preferência dos eleitores paranaenses viessem a público.

No momento em que a sociedade brasileira clama por democracia nos meios de comunicação e liberdade de imprensa, os tucanos jogam sujo na tentativa de vencer as disputas, como ocorre agora com Beto, assim como os grandes meios de comunicação (VEJA, Folha de S.Paulo, Estadão e Globo) tentaram com ataques pesados a Dilma Roussef (PT) para emplacar o candidato José Serra (PSDB).

Em ambos os casos as armas utilizadas são as mesmas: imprensa e a Justiça, na qual buscam desde a proibição da divulgação de pesquisas, como também a exploração de fatos sem que a apuração tenha sido feita de forma profunda, como seria correto para o bom jornalismo. Infelizmente, Beto Richa foi além, e, segundo relata o Blog Zé Beto, atacou Osmar Dias de forma grosseira. O incidente levou o senador Álvaro Dias (PSDB), a defender o irmão no Plenário do Senado no dia 28 de setembro, classificando o ataque como uma “forma fortuita, desnecessária, improcedente e desonesta”.

Como bem prega a sabedoria popular: não se deve colocar mãe no meio das discussões, nem mesmo família, como ocorreu neste caso.

E por falar em família, ainda é tempo para lembrar que Beto Richa tem como aliados na corrida eleitoral os Belinati, de Londrina, incluindo o prefeito cassado e impugnado nestas eleições, Antonio Belinati, sua esposa, Emília, e o filhão, Antonio Carlos. Contando com o “prestígio” deles, Beto tem se intitulado através de carros de som como futuro “governador do Paraná”. Será que ele está com essa bola toda?

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: | Leave a Comment »

Candidato da elite, Beto Richa tenta arrebanhar votos no interior do Paraná com “raposas” da política

Posted by Armando em 26/09/2010

As eleições deste ano do Paraná afloram um quadro deprimente da política no Estado, formado pela perpetuação/revezamento de famílias no  poder e alianças do que há de pior somente para ludibriar o eleitor. Beto Richa (PSDB), recém reeleito prefeito de Curitiba e LICENCIADO do cargo, concorre ao governo contra Osmar Dias (PDT) , outrora ex-aliado, numa disputa que tem o presidente Lula como fiel da balança.

Depois de figurar por vários dias como favorito nas pesquisas eleitorais, graças aos votos dos eleitores da capital paranaense, que tendo ao seu lado o provável governador, e certamente continuaria sendo agraciada com a maior parte dos recursos do Estado para seu desenvolvimento, Beto Richa viu sua vitória ameaçada pelo apoio de Lula à candidatura de Osmar, fruto da aliança com o PT.

Como nos últimos dias a vantagem na preferência dos votos do eleitorado vem perdendo o fôlego, o filho do ex-governador do Paraná, José Richa, conseguiu na Justiça a proibição de divulgação das pesquisas eleitorais, como se isso freasse o crescimento de seu adversário. Sabendo que somente com os votos da capital não será eleito para o Governo do Estado, Beto agora aposta tudo na aliança com velhas raposas da política paranaense, como a família Belinati, do prefeito cassado de Londrina, e já se intitula nos carros de som pela cidade  o “futuro” governador do Paraná.

Cria de Jaime Lerner (criador do Pedágio e mentor da venda do Banestado) 0 ex-deputado estadual, com fraco desempenho por dois mandatos, e prefeito licenciado de Curitiba agora quer ganhar o poder  com votos arrebanhados nos currais eleitorais do interior e exaltando os feitos de sua administração na capital do Estado em apenas cinco anos e alguns meses.

Essa atitude demonstra  seu caráter, semelhante à do candidato tucano à Presidência da República, José Serra, que aposta nas baixarias para vencer. Conforme artigo publicado no blog Os Amigos do presidente Lula, nós, paranaenses, somos “imbecis”, pois não temos nem mesmo o direito de saber os resultados das pesquisas eleitorais, porque o candidato Beto Richa conseguiu impedir na Justiça a divulgação dos números.

Será esse o melhor governador para o Paraná? Aliado de corruptos, de defensores das privatizações da Copel, do Porto de Paranaguá, das rodovias e de outros organismos rentáveis que ainda são públicos? Por isso, é bom pensar bem antes de votar. Quem está com o prefeito cassado de Londrina e com outras raposas da políticas do Paraná não merece meu voto!

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | 1 Comment »

Campanha sórdida contra Dilma não é só na grande mídia

Posted by Armando em 23/09/2010

Infelizmente, não apenas a Rede Globo, o Estadão, Folha de S.Paulo, VEJA e outros grandes órgãos de comunicação estão empenhados em derrubar o alto índice de aceitação da candidatura de Dilma Roussef (PT) à presidência da República. Nos últimos dias tem crescido o número de e-mails mentirosos e publicações de de matérias em blogs atacando a líder em pesquisas, como forma de evitar sua vitória no primeiro turno.

Pelo menos três blogs destes estão alojados aqui, no Word Press, estampando manchetes nas quais Dilma teria dito que nem mesmo Jesus Cristo evitaria sua vitória. Ora bolas, se a candidata petista tivesse mesmo dito essa frase, por que a VEJA, o Jornal Nacional e outros grande veículos de comunicação não a divulgaram? Seria essa uma informação privilegiada de blogueiros sem qualquer conhecimento jornalístico, brindados com tal furo de reportagem?

Não só no Jornalismo, como na vida, como bem me ensinou meu pai, é preciso ter honestidade. Informação é coisa séria e não se pode sair por aí falando ou publicanco fatos tão pesados contra uma pessoa sem ter as provas concretas sobre o ocorrido. Nesta ânsia de emplacar no poder o tucano José Serra (PSDB), seus seguidores apelam por práticas  terroristas, como essa citada acima, que menciona o nome de Jesus em busca de vantagens eleitorais, relembrando o que teriam dito os Beatles no auge de da carreira.

Esse tipo de jogo sujo reflete o caráter daqueles que querem ganhar o jogo político de toda a forma, usando e abusando do que tiver em mãos para dar a volta por cima, mesmo que for apoiado em sórdidas mentiras.

Eles têm  mais 10 dias para emporcalhar ainda mais a nossa tão desprestigiada campanha eleitoral.

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: | 1 Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: