ADJ Comunicação

Jornalismo e opinião: todo mundo vê!

  • AGENDA

    maio 2022
    S T Q Q S S D
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Assinar

  • Visitas ao Blog

    • 1.160.246 acessos

Posts Tagged ‘LONDRINA’

Neneca, ex-goleiro do Londrina faleceu hoje no Hospital do Câncer

Posted by Armando em 25/01/2015

Foto NenecaComunico a todos que o ex-goleiro do Londrina, Guarani e de outras equipes do pais, Hélio Miguel, faleceu às 2h30 de hoje (25/01), no Hospital do Câncer, em Londrina. O velório está ocorrendo na capela 2 do Cemitério Parque das Oliveiras e o sepultamento será realizado amanhã (26/01), às 10h30, no Cemitério Padre Anchieta.

Neneca tinha 67 anos e começou a jogar bola ainda moleque, quando era funcionário da Folha de Londrina, e queria ser atacante. Por seu tamanho foi colocado no gol e de lá conseguiu entrar na Portuguesa Londrinense e, posteriormente, no Londrina Esporte Clube, onde se firmou como profissional.

Jogou também no América Mineiro e no Náutico (onde entrou para a história do futebol brasileiro por ter ficado 1636 minutos sem levar gol no campeonato pernambucano de 1974, ajudando o time a conquistar o título estadual daquela ano.

Entre 1976 e 1980 defendeu o Guarani, sagrando-se campeão brasileiro pelo bugre em 1978. Em 1981 passou a jogar no Operário, de Campo Grande, e no mesmo ano voltou ao Londrina, conquistando com sua atuação o título paranaense daquele ano.

Depois Neneca ainda atuou no Bragantino, Fluminense de Feira de Santana, Votuporanguense e voltou ao LEC em 1987, encerrando sua carreira como jogador.

Obrigado, Neneca, por tudo o que fez pelo futebol, pela família e amigos, que cativou com seu jeito de ser. Que Deus o tenha!

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

Para o Governo do Paraná, “Londrina não tem problemas”

Posted by Armando em 22/11/2014

Foto quadro primo pobre maiorA frase acima foi dita pelo secretário estadual da Fazenda, Luiz Eduardo da Veiga Sebastiani, em entrevista concedida ao jornal Folha de Londrina, divulgada pelo site da ACIL (Associação Comercial e Industrial de Londrina), em reportagem que tratou da falta de envio de recursos do Governo Beto Richa (PSDB) para a cidade.

Sebastiani afirmou não vê nada de errado no fato de Londrina, a segunda maior cidade do Paraná, estar em 35º lugar na lista do Paraná Competitivo, programa considerado “vitrine” do Governo do Estado. “Londrina não tem problema. É um polo econômico importante e tem tradição em serviços, com uma rede hoteleira grande, shoppings e boa estrutura médico-hospitalar”, declarou o secretário.

Clique aqui para ler mais sobre a classificação de Londrina na distribuição

Do jeito que Londrina, a segunda maior cidade do Estado, está sendo tratada pelo governador me faz lembrar do quadro “Primo Pobre”, do saudoso ator brasileiro, Paulo Gracindo, no qual contracenava com o também falecido Brandão Filho.

Conforme relatou o jornal, 94%, ou seja, quase a totalidade dos recursos do programa Paraná Competitivo foi repassada à região metropolitana de Curitiba e a Ponta Grossa.

De um total de R$ 23.448 bilhões, somente R$ 14,18 milhões, ou 0,06%, devem ser investidos em Londrina, em três projetos.

Recursos ou empréstimos?

Ás vésperas da eleição, de olho em arrebatar votos para permanecer mais quatro anos à frente do Governo do Estado, Beto Richa prometeu o repasse de R$ 50 milhões para Londrina, como forma de incrementar obras importantes em Londrina, como a duplicação do Aeroporto e outras no parque industrial da Zona Oeste.

Na verdade, conforme anunciado no último dia 18 de novembro, o Governo do Estado não repassará esse dinheiro ao município, até mesmo porque não tem caixa para isso. O prefeito Alexandre Kireeff (PSD) enviou projetos à Câmara de vereadores para liberar financiamentos, ou seja, empréstimos, um no valor de R$ 20 milhões, a ser contraído junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), e outro de R$ 30 milhões contratados através da Agência de Fomento do Paraná.

Desse jeito, o governador reeleito não repassou nada para a cidade, apenas está dando o aval para que a Prefeitura se endivide ainda mais.

UEL de pires na mão

Outro exemplo do descaso do governador Beto Richa com Londrina é a falta de liberação do Orçamento para manutenção da UEL (Universidade Estadual de Londrina). Dos R$ 26 milhões estimados para custear a instituição em 2014, o Governo repassou apenas R$ 12 milhões até agora, prestes a encerrar o ano.

Esta semana, a reitora Berenice Jordão, divulgou Nota Oficial à comunidade universitária relatando as condições de penúria pela qual está passando a UEL e disse que em função da falta de recursos e para não prejudicar as atividades acadêmicas e serviços oferecidos à população, vai deixar atrasar as contas de água, energia elétrica e de telefone.

Sem dinheiro em caixa para pagar fornecedores, a Universidade está tendo dificuldade para efetuar compras, pois muitas empresas sequer respondem aos pedidos para orçar materiais, pois não sabem quando receberão pelo que for vendido. A situação está tão feia na UEL que até mesmo material de expediente (copos plásticos, papel toalha, cafezinho etc.) estão faltando no campus.

Resta saber agora se essa política discriminatória de distribuição de recursos pelo Governo do Estado vai continuar nos próximos quatro anos do segundo mandato de Beto Richa à frente do Paraná, bem como a falta de planejamento para lidar com os recursos financeiros do Estado.

Fonte: Portal Bonde

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: | Leave a Comment »

Jornalista londrinense troca estresse das redações por liberdade e qualidade de vida

Posted by Armando em 11/07/2014

Fernanda largou as redações para viver uma utopia

Fernanda largou as redações para viver uma utopia

Minha amiga de profissão, Fernanda Borges, desistiu do Jornalismo como forma de mudar de vida e ganhar seu sustento com a produção e venda de materiais alternativos em Londrina e mundo afora, seguindo feiras e eventos diversos.

Engajada nas lutas da categoria e com passagens pela Folha de Londrina e a TV Coroados (RPC-Globo), Fernanda disse que preferiu ficar longe das redações. “O jornalismo me entristeceu muito. Tem muito mais estresse do que alegrias”, argumentou.

Dizendo que prefere “viver livre, mas feliz”, ela trabalha em casa, onde produz bótons, faz estampa em camisetas e em outros materiais, tudo de forma bem artesanal. Com uma máquina, Fernanda produz canecas que recebem imagens de alta qualidade. “É algo simples, dá um trabalhinho, mas vale a pena”, afirma.

Além de comercializar estes materiais em feiras, congressos e outros eventos, Fernanda Borges divulga seu trabalho através do perfil Viver Utopia, no Facebook. Encomendas podem ser feitas através de mensagens no Facebook, do e-mail viverutopia@gmail.com ou pelo telefone (55-Brasil) 43 9998-3080.

Posted in CIDADE, NOTÍCIA | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Valeu: 141.027 londrinenses dizem não ao populismo

Posted by Armando em 29/10/2012

O resultado do segundo turno da eleição municipal em Londrina pode ter sepultado a velha política da compra de votos, das falsas promessas, da corrupção e tudo aquilo que colocou a cidade nas manchetes da grande imprensa nacional por conta de más gestões.

Os 141.027 eleitores que elegeram Alexandre Kireeff optaram pela mudança, derrotando o clã dos belinatis, fazendo valer sua vontade de ver Londrina retomar o rumo do desenvolvimento, da transparência e honestidade no trato da coisa pública.

Marcelo Belinati, apesar de ter sido municiado com vasto material eleitoral e apoio do governador Beto Richa, conseguiu 138.049 votos, não conseguindo superar seu adversário, que fez uma campanha limpa, com poucos recursos e muita seriedade.

Espero que esta conduta seja mantida pelos próximos quatro anos para o bem de todos os londrinenses, em especial, nossos filhos e filhas, que merecem o melhor.

Posted in CIDADE | Etiquetado: | Leave a Comment »

Eleição municipal: o futuro de Londrina está em nossas mãos

Posted by Armando em 27/10/2012

Amanhã (28/10), nós, eleitores e cidadãos londrinenses, voltaremos às urnas para o segundo turno da eleição que definirá o prefeito de nossa cidade, bem como nosso futuro. Os dois candidatos têm perfis semelhantes, são jovens profissionais com idade na faixa dos 40 anos, bem sucedidos e originários de famílias muito conhecidas de todos.

Marcelo Belinati é sobrinho do primeiro prefeito cassado de Londrina, Antonio Casemiro Belinati. Chegou à Câmara de vereadores há oito anos, mais por força do sobrenome do que por seu carisma. Muito conhecido na área da saúde, pois atua como médico traumatologista, ainda não demonstrou em sua carreira política nenhum grande feito e pouco fez para evitar o desastre em que se tornou a gestão do também prefeito cassado, Barbosa Neto, enquanto nosso representante na Câmara.

Pretende ser eleito a qualquer custo e, por isso, tem prometido mundos e fundos em seus discursos. Disse que vai construir Postos de Saúde 24 horas em todas as regiões, locais para atender os jovens nos quatro cantos da cidade, fazer o “mutirão da saúde” para resolver o problema da falta de médicos na Rede Pública, reeditando o mesmo discurso feito por Barbosa Neto na eleição passada.

Sem mostrar o tio Bila uma única vez na TV, Marcelo procura se distanciar do passado, mas pratica no presente as mesmas táticas sujas e populistas usadas por seu tutor político. Ataques ao adversário tornaram-se constantes neste segundo turno, lembrando que Alexandre Kireeff vem da família dos Lopes, que administrou o transporte coletivo urbano de Londrina por vários anos, sem mencionar, no entanto, que em alguns dos quais seu tio era prefeito da cidade.

Diferente do primeiro turno, qando dizia representar um novo modelo de político, Marcelo Belinati agora tirou a máscara e deixa claro que sua candidatura é uma forma de recolocar a família no comando da cidade, com o risco termos que aguentá-los pelos próximos 16 anos. Seu sucessor já está definido: é Marcos Belinati, eleito vereador no dia 7 de outubro com pouco mais de 7 mil votos.

Do outro lado, Alexandre Kireeff, médico veterinário, administrador e fazendeiro faz sua campanha como a opção de mudança de verdade na política londrinense. Já foi candidato a deputado federal e presidiu a Sociedade Rural do Paraná. Com um discurso ameno e pregando profissionalismo na administração municipal, não entrou no jogo sujo do adversário, limitando-se a apresentar suas propostas.

Segundo pessoas que trabalharam com ele na época da Sociedade Rural, implantou na entidade um novo rumo, abrindo os portões do Parque de Exposições para diversos outros eventos, fazendo com que o local deixasse de ser utilizado apenas para feiras agropecuárias e negócios do gênero.

Tem como fator positivo a negativa de aceitar apoios de outros partidos neste segundo turno, diferente de Marcelo Belinati, que agora conta com 16 agremiações partidárias ao seu lado, que, caso seja eleito, buscarão seus quinhões lá na Prefeitura.

Avaliando o passado, a origem e as propostas de ambos decidi que amanhã vou votar em Alexandre Kireeff para Prefeito de Londrina. Chega de populismo, chega de belinatis, vamos recuperar o tempo perdido!

Posted in OPINIÃO | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Londrinense questiona governador Beto Richa sobre apoio a Belinati na eleição 2012

Posted by Armando em 26/09/2012

Foto do Jornal de Londrina (2001) mostra o candidato favorito a prefeito de Londrina levando o “tio Bila” de volta para casa após ser libertado da prisão

Como bom londrinense que sou e também preocupado com os rumos que minha cidade pode tomar com o resultado, provavelmente tenebroso, da eleição municipal de 2012, transcrevo aqui as perguntas feitas por José Roberto Martins ao governador do Paraná, Beto Richa, postada no Facebook, a respeito de seu apoio incondicional ao candidato a prefeito Marcelo Belinati.

Assim como ele, temo pela possível volta do clã Belinati ao comando de minha cidade, sabendo que  a gestão temerosa e irresponsável do tio do mesmo possa trazer de volta por suas mãos toda aquela sujeira que ainda está impregnando a imagem de Londrina por conta da corrupção herdada desse grupo que só pensa em tirar proveito do erário público.

Todos sabem que com esse apoio declarado Beto Richa só está tentando pagar favores recebidos durante sua campanha ao governo do Estado, no qual os Belinatis se empenharam em arrebanhar votos em Londrina em troca de cargos na administração direta e nas empresas estatais, entre as quais a Sanepar, na qual um dos filhos do “tio Bila” ocupa uma das principais diretorias.

Com o objetivo de abrir os olhos daqueles que ainda não se conscientizaram do que poderá ocorrer com Londrina caso o passado volte à tona, sugiro que leiam os questionamentos feitos por José Roberto Martins a Beto Richa e tirem suas próprias conclusões ante de votar na eleição do dia 7 de outubro.

” Caro governador Beto Richa,

Londrina, a cidade onde o senhor nasceu e onde seu pai começou a carreira política – e que lhe deu mais de 70% dos votos na eleição em 2010, precisa de respostas para alguns questionamentos:

1) Por que o senhor acredita que Marcelo Belinati seja o melhor para ocupar o cargo de prefeito de Londrina?

2) O que levou o senhor a apoiar e colocar o seu partido a serviço da candidatura de Belinati, fazendo, inclusive, o PSDB retirar a candidatura própria?

3) O senhor foi informado de que Marcelo Belinati pertence a um grupo que causou grandes transtornos à cidade, com episódios (investigados e comprovados pelo Ministério Público) de desvio de dinheiro da Prefeitura, ou seja, escândalos de corrupção, que quebraram a cidade e cujos efeitos maléficos se estendem até os dias de hoje?

4) O senhor sabia que Antonio Belinati, o fundador desse clã deletério, quando assumiu o primeiro mandato na prefeitura, em 1977, destruiu tudo o que seu pai, José Richa, havia feito no mandato anterior como prefeito?

5) O senhor sabia que Antonio Belinati, o fundador desse clã deletério, quando assumiu o segundo mandato na prefeitura, em 1989, destruiu tudo o que Wilson Moreira, fundador do PSDB, colaborador e amigo de José Richa, havia feito no mandato anterior?

6) O senhor sabia que Wilson Moreira, um dos maiores e melhores prefeitos que Londrina teve, perdeu pelo menos dois anos do mandato consertando os problemas e os rombos financeiros deixados por Antonio Belinati, tio de Marcelo Belinati e capo do clã?

7) O senhor sabia que Belinati não concluiu o terceiro mandato, porque foi cassado no ano 2000, por conta do desvio de R$ 186 milhões da venda de parte da Sercomtel?

8) O senhor sabia que Belinati tentou voltar à prefeitura em 2004 – e teve, na sua chapa de candidatos a vereador, o sobrinho Marcelo Belinati, que se elegeu naquele ano para o primeiro mandato na Câmara Municipal pelo mesmo partido ao qual Antonio Belinati estava filiado à época (PSL)?

9) O senhor sabia que, após perder aquela eleição, Belinati ingressou no PP e levou junto Marcelo Belinati, o que configura uma profunda ligação entre os dois, embora Marcelo, na campanha, tente se desvincular da imagem do tio?

10) O senhor sabia que, em 2008, ao ser eleito para um quarto mandato, Antonio Belinati teve o apoio do vereador Marcelo Belinati e também de Barbosa Neto (PDT), que havia sido derrotado no primeiro turno?

11) O senhor sabia que Antonio Belinati, ao ter barrada pelo TSE a pretensão de assumir a prefeitura, passou a apoiar Barbosa Neto no chamado “terceiro turno”, em 2009, contra o candidato do PSDB (e hoje seu secretário estadual de Fazenda), Luiz Carlos Hauly?

12) O senhor sabia que a candidatura de Barbosa Neto teve o apoio também de Marcelo Belinati?

13) O senhor sabia que Barbosa Neto derrotou Hauly e o PSDB (inclusive com expedientes de baixo nível) e, depois, teve um mandato totalmente mergulhado em problemas administrativos e éticos, que culminou com a cassação?

14) O senhor sabia que, depois de Barbosa ser cassado, quem assumiu a prefeitura foi José Ribeiro, do PSC, partido que está coligado a Marcelo Belinati – ou seja, coligado ao seu candidato?

15) O senhor sabia que Ribeiro confessou recebimento de propina e foi preso apenas alguns dias depois, acabando por renunciar ao mandato?

16) O senhor sabia que o clã Belinati sempre combateu o PSDB em Londrina?

17) O senhor sabia que o PSDB de Londrina sempre combateu o clã Belinati?

18) Caso seu candidato Marcelo Belinati não seja eleito, o senhor deixará de enviar ou dificultará o envio de verbas estaduais a Londrina?

19) Por fim, qual sentimento o senhor imagina que seu pai, José Richa, se estivesse vivo, teria ao ver que Beto Richa está no mesmo palanque de Belinati e do grupo político que tanta vergonha causou e ainda causa a Londrina?

Desculpe-nos, governador, por este longo questionário. Sabemos que o senhor é um homem bastante ocupado, mas, acredite, é preciso que esse seu posicionamento seja esclarecido, porque Londrina está novamente prestes a ser entregue ao mesmo grupo que teve dois prefeitos cassados por corrupção (Belinati e Barbosa), dois prefeitos presos (Belinati e Ribeiro), um que confessou ter recebido propina (Ribeiro). Ou seja: o dinheiro dos impostos pagos pelos londrinenses está mais uma vez ameaçado de ir parar em bolsos particulares. O senhor realmente se sente confortável diante dessa situação?

Obrigado e receba um forte abraço de todos os londrinenses.”

Fonte: perfil do Facebook de José Roberto Martins, londrinense preocupado com o futuro da cidade.

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: , | 2 Comments »

Câmara de vereadores cassa prefeito Homero Barbosa Neto por irregularidades na gestão

Posted by Armando em 31/07/2012

A Câmara Municipal de Londrina decidiu cassar na noite de ontem (30/07) o mandato do prefeito Homero Barbosa Neto (PDT), por 13 votos favoráveis e cinco contrários, por irregularidades constatadas na contratação de serviços de vigilância. A sessão durou 12 horas com os ânimos acirrados dos partidários do prefeito e oposicionistas, que ocuparam as galerias da Câmara.

Conforme relatório da CEI (Comissão Especial de Inquérito), Barbosa Neto teria utilizado serviços de dois vigias na emissora de rádio Brasil Sul, de sua propriedade, contratados junto à empresa Centronic para trabalhar na Prefeitura. Com base na documentação analisada pelos vereadores da CEI e da CP (Comissão Processante), foi pedida a cassação do prefeito, sacramentada na noite de ontem.

Os advogados de Homero Barbosa Neto disseram que vão recorrer da decisão da Câmara. Em seu lugar deve assumir a Prefeitura de Londrina o vice-prefeito, José Joaquim Ribeiro (PSC).

Rotina para os londrinenses

Cassação de prefeito já não é novidade para os londrinenses. Em junho de 2000, Antonio Casemiro Belinati, que estava em seu terceiro mandato na Prefeitura da cidade, foi cassado por irregularidades cometidas em autarquias municipais. Belinati concorreu na eleição municipal de 2008, venceu o segundo turno, mas foi impedido de assumir o cargo por ter o registro de sua candidatura cassado na Justiça.

No terceiro turno dessa eleição, realizado em março de 2009, Antonio Belinati abraçou a campanha de Homero Barbosa Neto, que venceu com folga o tucano e atual secretário de Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly, e assumiu o cargo em maio de 2009.

Com a decisão da Câmara Municipal, Barbosa Neto não deve terminar o mandato, por isso volto a lembrar aqui o que escrevi em 2009. “Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará”, fazendo valer a velha e sábia Lei de Murphy.

Veja como os vereadores de Londrina votaram na sessão que cassou Homero Barbosa Neto:

PELA CASSAÇÃO
Amauri Cardoso (PSDB) – SIM
Antenor Ribeiro (PSC) – SIM
 Gérson Araújo (PSDB) – SIM
Ivo de Bassi (PTB) – SIM
Jacks Dias (PT) – SIM
Joel Garcia (PP) – SIM
Lenir de Assis (PT) – SIM
Marcos da Horta (PP) – SIM
Padre Roque (PR) – SIM
Rony Alves (PTB) – SIM
Roberto Kanashiro (PSDB)
Sandra Graça (PP)
Tito Valle (PMDB)

CONTRA
Rodrigo Gouvêa (PTC)
Roberto Fu (PDT)

ABSTENÇÕES
Jairo Tamura (PSB)
Eloir Valença (PHS)
Roberto da Farmácia (PTC)

EM LICENÇA MÉDICA
Sebastião dos Metalúrgicos (PDT)

Posted in CIDADE, NOTÍCIA | Etiquetado: , | Leave a Comment »

MP investiga suspeita de enriquecimento ilícito do prefeito de Londrina

Posted by Armando em 02/06/2012

Promotores do Gaeco compareceram à reunião do Movimento Popular contra a Corrupção – Por Amor a Londrina – Foto: Fernando Alfradique Scanferla

Partindo de uma denúncia anônima de que houve pagamento de propina de R$ 1 milhão na licitação para a coleta de lixo em Londrina, o MP (Ministério Público) está investigando a possibilidade de enriquecimento ilícito do prefeito Homero Barbosa Neto (PDT). Segundo informações divulgadas pela Rádio Paiquerê e pelos sites Bonde e O Diário, uma das empresas interessadas em assumir o serviço teria pago este valor para vencer a licitação. O processo de licitação da coleta de lixo foi suspenso pela Justiça.

Segundo a denúncia, dinheiro seria utilizado pelo prefeito e o empresário Sérgio Malucelli, gestor do LEC (Londrina Esporte Clube), para comprar a Rádio Tribuna Soft FM, de Apucarana. Na transação, disse o proprietário da emissora, os dois pagariam R$ 2,5 milhões à vista e R$ 2,3 milhões parcelados em 24 vezes.

De acordo com o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Renato de Lima Castro, a investigação vai levar em conta se houve um enriquecimento ilícito por parte do prefeito. “É necessário ter uma fonte de renda muito interessante para fazer uma proposta como esta. A ação será de improbidade administrativa. Será na esfera cível e com isso o prefeito não tem foro privilegiado nesta investigação”, declarou o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Renato Lima de Castro à Rádio Paiquerê AM.

Sérgio Malluceli era esperado ontem (1º/06) no MP para falar sobre o assunto, mas não compareceu. O gestor do LEC será notificado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para explicar o que estava fazendo no dia 24 de abril na Prefeitura de Londrina, data em que foram presos o também empresário Ludovico Bonato e o ex-secretário de Gestão Pública de Barbosa Neto e coordenador de sua campanha à reeleição, Marco Cito.

Ambos teriam participado do suborno ao vereador Amauri Cardoso (PSDB) para votar contra a CP (Comissão Processante), que foi instalada na Câmara Municipal para investigar o pagamento de salários a vigilantes da empresa Centronic pela Prefeitura, que trabalhavam na Rádio Brasil Sul, de propriedade do prefeito de Londrina.

Além desses “abacaxis”, a administração de Homero Barbosa Neto em Londrina também é alvo de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) na Câmara de vereadores que está investigando irregularidades na compra de uma coleção de livros e de uniformes escolares. Na primeira, a Prefeitura teria pago o valor total dos livros sem aproveitar o desconto oferecido pela editora. Quanto aos uniformes, a Prefeitura teria pego “carona” de outra cidade para contratar a empresa fornecedora para “agilizar a compra”, feita em agosto de 2010 para o ano letivo de 2011. Segundo relatos colhidos pela CEI, o material entregue era inferior ao que foi solicitado, mas mesmo assim os uniformes foram aceitos.

A ex-secretária de Educação, Karin Sabec, declarou à CEI que ambas as compras tiveram conhecimento do prefeito, tendo este assinado a autorização para serem efetuadas.

Com tantos escândalos estourando dia após dia, a imagem de Londrina volta a ser manchada novamente com denúncias de corrupção, como na época do prefeito cassado Antonio Belinati. Nunca é tarde para lembra o que diz a Lei de Murphy: “Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará”.

Movimento Por Amor a Londrina intensifica
mobilização contra a corrupção

Os integrantes do “Movimento Popular contra a Corrupção – Por Amor a Londrina” estão empenhados em mobilizar a sociedade para cobrar a apuração das denúncias de irregularidades que envolvem o suborno de um vereador para impedir a instalação de CP (Comissão Processante) na Câmara Municipal contra o prefeito Homero Barbosa Neto (PDT). No dia 31 de maio o Movimento realizou mais uma reunião para definir estratégias e avaliar os avanços conseguidos. Na ocasião estiveram presentes os promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

Acompanhe as investigações que envolvem a Prefeitura de Londrina nos seguintes Blogs:

Baixo Clero

Paçoca com Cebola

José Pedriali

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Entidades se mobilizam contra a corrupção em Londrina

Posted by Armando em 26/05/2012

A reunião do Movimento Popular contra a Corrupção em Londrina foi realizada no Sindicato dos Bancários

Esta semana, entidades da sociedade civil de Londrina se reuniram, divulgaram manifestos e definiram ações para combater a corrupção na Prefeitura e na Câmara Municipal. As diretorias da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), SRP (Sociedade Rural do Paraná) e Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil) reivindicaram a apuração da verdade e agilidade das autoridades para investigar casos de corrupção no Poder Público Municipal, muitos deles sem respostas há mais de 10 anos, bem como os mais recentes, que envolvem vereadores, ex-secretários do prefeito Homero Barbosa Neto (PDT), um empresário e ex-diretores da Companhia Telefônica Sercomtel.

Destes, estão presos o ex-diretor de Planejamento da Sercomtel, Alysson Tobias de Carvalho, o ex-secretário de Gestão Pública e coordenador da campanha de reeleição de Barbosa Neto, Marco Cito, e o empresário Ludovico Bonato, acusados de participar do suborno ao vereador Amauri Cardoso (PSDB) para que o mesmo votasse contra a abertura de CP (Comissão de Processante) na Câmara contra o prefeito.

No dia 24 de maio, entidades da sociedade civil, profissionais de várias áreas, estudantes e empresários participaram da reunião do “Movimento popular contra a corrupção – Por amor a Londrina!”, realizada no Sindicato dos Bancários de Londrina. Na ocasião foi aprovado um Manifesto que reivindica ações políticas, ou seja, a mobilização dos londrinenses para pressionar a Justiça a investigar as pessoas envolvidas nas várias denúncias de corrupção na Prefeitura e na Câmara Municipal para recuperar a imagem da cidade e estabelecer a honestidade.

Na próxima quinta-feira (31/05), o Movimento estará reunido na sede da APP-Sindicato, em Londrina, para definir novos passos para combater a corrupção. Quem quiser participar desta mobilização pode acessar a página dos integrantes do Movimento contra a corrupção no seguinte endereço no Facebook: https://www.facebook.com/groups/poramoralondrina/

Leia abaixo o Manifesto do Movimento popular
contra a corrupção –
Por amor a Londrina!

Mais uma vez nossa cidade, Londrina, é inundada por um vendaval de lama. De novo a Prefeitura está na mira do Ministério Público e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime). Novamente, o prefeito que deveria trabalhar para resolver os problemas da cidade é suspeito de estar envolvido em esquemas de corrupção.

Praticamente todos os dias, o rádio, o jornal e a tevê nos informam sobre formação de quadrilhas envolvendo membros do executivo e do legislativo. De desvio do dinheiro dos impostos que os londrinenses pagam para que a Prefeitura invista em saúde, educação, asfalto, saneamento básico, creche, enfim, tudo que deveria ser feito para melhorar a vida das pessoas.

Por amor a Londrina e fruto da indignação dos londrinenses honestos e trabalhadores, isto é, a maioria absoluta da população desta cidade, é lançado este movimento em nome da restauração da moralidade na Prefeitura e na Câmara de Vereadores. Para que os interesses eleitoreiros não se sobreponham aos interesses dos londrinenses.

É sabido que a Justiça brasileira trabalha numa velocidade muito aquém dos anseios e necessidades dos filhos desta pátria. Desta forma, não dá para esperar o andamento da Justiça, que seguirá seu curso e tempo normais. A cidade precisa, portanto, tomar uma decisão política, pois todos se lembram que Londrina teve que passar por um terceiro turno, em função da morosidade judicial.

Por amor a Londrina precisamos recuperar a honestidade, marca predominante dos mais de 500 mil londrinenses. Precisamos conhecer a VERDADE. A cidade onde nascemos ou fomos por ela adotados, onde criamos nossos filhos e brincamos com os netos precisa, urgente, retomar a trilha aberta pelos pioneiros que aqui chegaram no dia 20 de agosto de 1929. Que derrubaram a mata e iniciaram a construção da Metrópole do Norte do Paraná.

In memorian: George Craig Smith, Alexandre Razgulaeff, Alberto Loureiro, Erwin Frölich, Joaquim B. Barbosa, Spartaco Bambi, Geraldo Pereira Maia e os trabalhadores braçais que não tiveram seus nomes anotados para a posteridade. (Membros da caravana da Companhia de Terras Norte do Paraná, a primeira a chegar no local onde seria edificada a Pequena Londres, Londrina).”

Posted in CIDADE, NOTÍCIA | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Câmara Municipal de Londrina aprova Comissão Processante contra prefeito Homero Barbosa Neto

Posted by Armando em 26/04/2012

O prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto (PDT), vai enfrentar uma CP (Comissão Processante), conforme aprovou a sessão de hoje (26/04) da Câmara Municipal. Antes da votação, o prefeito compareceu à Câmara com a intenção de dar explicações aos vereadores sobre o caso que envolve a empresa de vigilância Centronic. Segundo as denuncias, dois vigilantes da empresa contratada para fazer a segurança da Prefeitura de Londrina trabalhavam na rádio Brasil Sul, de propriedade de Barbosa Neto.

De acordo com a assessoria da Câmara, o prefeito não foi autorizado a falar no Plenário porque não havia feito solicitação anteriormente. A votação registrou 18 votos favoráveis à CP. Apenas o vereador Jacks Dias (PT) não votou, pois estava ausente do Plenário.

Apesar de ter liberado a bancada de seu partido PDT a votar a favor da CP, afirmando em entrevista coletiva à imprensa que não teme as investigações, o prefeito de Londrina enviou requerimento à Câmara manifestando a suspeição de dois vereadores, que estariam impedidos de votar, o que poderia implicar na falta de votos necessários apra aprovar a CP. Mais tarde o requerimento foi retirado a pedido de seus advogados.

Suborno  – Na última terça-feira (24/04), o ex-chefe de Gabinete de Homero Barbosa Neto e coordenador da campanha de sua reeleição, Marcos Cito, foi preso juntamente com o empresário Ludovico Bonato, flagrados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) por terem tentado subornar o vereador Amaury Cardoso (PSDB) para votar contra a aprovação da CP.

Agora, a Câmara de vereadores de Londrina tem prazo de 90 dias para concluir as investigações sobre a utilização de vigilantes da Centronic na rádio do prefeito pelo serviço que foi pago pela Prefeitura. Caso seja comprovada a irregularidade pode ser aberto posteriormente um processo para a cassação do prefeito de Londrina, a exemplo do que ocorreu em 2000, quando Antonio Belinati foi retirado do cargo por abuso em gastos com propaganda.

* Mais informações sobre a CP da Centronic e os bastidores da política de Londrina podem ser acessadas nos sites Baixo Clero e Paçoca com Cebola.

Posted in NOTÍCIA | Etiquetado: , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: